Vale do Aço: PF faz operação para desmanchar grupo que promove migração ilegal

Mandados foram cumpridos em Ipatinga e Santana do Paraíso; veículos, documentos e dinheiro foram apreendidos

(Foto: divulgação/ Polícia Federal)

(Foto: divulgação/ Polícia Federal)

A Pol√≠cia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (11), a Operação "Bekas" com o objetivo de desmanchar esquema criminoso que promovia a migração ilegal e associação criminosa decorrente da entrada ilegal de brasileiros em pa√≠s estrangeiro.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, expedidos pela Subseção Judici√°ria de Ipatinga, no Vale do Aço, nas resid√™ncias dos envolvidos que ficam na mesma cidade e em Santana do Para√≠so, também na região do Vale do Aço.

"Estima-se que o esquema criminoso tenha movimentado mais de R$ 800 mil, havendo indicativos de aquisição de bens de alto valor", diz a Pol√≠cia Federal. A suspeita é que tenham sido utilizadas empresas "fantasmas" com o fim de omitir as atividades criminosas e os lucros obtidos com a pr√°tica criminosa e assim tentar dar apar√™ncia de licitude aos valores.

(Foto: divulgação/ Pol√≠cia Federal)

Na operação, foram apreendidos: ve√≠culos, dispositivos eletrônicos, documentos e valores em espécie. Os investigados deverão responder pelos crimes de promoção de migração ilegal e associação criminosa, cujas penas m√°ximas somadas ultrapassam oito anos de reclusão.

(Foto: divulgação/ Pol√≠cia Federal)

O nome da operação faz refer√™ncia ao filme "Bekas e o sonho americano", onde dois irmãos iraquianos decidem ir para os Estados Unidos da América, em busca de uma personagem que julgam ser a solução para todos os seus problemas.