ANVISA INTERROMPE JOGO DO BRASIL E ARGENTINA E ENTRA EM CAMPO

Jogadores da sele√ß√£o Argentina teriam prestado informa√ß√Ķes falsas à ag√™ncia e descumprido quarentena.

André penner

André penner

Agentes da Anvisa (Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria) interromperam jogo entre as sele√ß√Ķes de futebol do Brasil e da Argentina neste domingo (5.set.2021) pelas eliminatórias da Copa do Mundo. A partida é realizada na Arena Neo Qu√≠mica, em S√£o Paulo, conhecida como "Itaquer√£o".

A ag√™ncia afirma que jogadores da sele√ß√£o argentina teriam prestado informa√ß√Ķes falsas sobre viagem à Inglaterra e deixado de cumprir quarentena de 14 dias antes da partida. O jogo teve menos de 10 minutos de dura√ß√£o e terminou suspenso por decis√£o do √°rbitro, segundo a Conmenbol (Confedera√ß√£o Sul?Americana de Futebol).

Neste domingo, antes da partida, 4 jogadores (Giovani Lo Celso, Cristian Romero, Emiliano Martinez e Emiliano Buendia) foram orientados pela Anvisa para que fizessem quarentena e, depois desse período, deixassem o Brasil.

A ag√™ncia diz que os jogadores violaram as orienta√ß√Ķes sanit√°rias brasileiras para entrada no pa√≠s. É proibida a entrada no Brasil de viajantes estrangeiros que estiveram no Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte ou √ćndia nos √ļltimos 14 dias.

O diretor-presidente da Anvisa (Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria), Antonio Barra Torres, afirmou à TV Globo durante a transmiss√£o do jogo que os jogadores "ser√£o autuados e multados por uma sequ√™ncia de infra√ß√Ķes sanit√°rias", além de deportados para a Argentina.

Segundo Torres, as infra√ß√Ķes cometidas seriam:

os jogadores terem prestado informa√ß√Ķes falsas (sobre viagem à Inglaterra);

descumprido quarentena de 14 dias;

participado do jogo.

O diretor da Anvisa afirmou também que a descoberta de que os 4 atletas passaram pelo Reino Unido nos √ļltimos 14 dias deu-se pelos carimbos e vistos em seus passaportes.

A Polícia Federal foi informada na manhã deste domingo. Acompanhada de agentes da Anvisa, a PF foi então ao hotel onde está hospedada a seleção argentina para verificar se a quarentena estava sendo cumprida.

Como a equipe j√° havia sa√≠do em dire√ß√£o ao est√°dio, os agentes da PF e da Anvisa dirigiram-se à Neo Qu√≠mica Arena. "O resto voc√™s [TV Globo] voc√™s est√£o transmitindo ao vivo", afirmou Barra Torres.

QUARENTENA NECESSÁRIA PARA 4 PA√ćSES

Uma portaria editada pelo Ministério da Sa√ļde em junho deste ano pro√≠be, em car√°ter tempor√°rio, a entrada de estrangeiros que vieram do Reino Unido, Irlanda do Norte, África do Sul e √ćndia. Quem passou por esses pa√≠ses deve fazer quarentena de 14 dias antes de vir ao Brasil.

Jornais argentinos informam que há um acordo da Conmebol (Confederação Sul-americana de Futebol) que libera da quarentena todos os jogadores de países do continente americano para permitir que os atletas disputem partidas oficiais.

A portaria do governo federal, no entanto, não abre exceção: permite o ingresso apenas de voos de carga, manipulados por trabalhadores paramentados com equipamentos de proteção individual.

A medida também diz que a entrada de estrangeiros pode ser impedida quando houver provoca√ß√£o da autoridade sanit√°ria competente, que no caso do Brasil é a Anvisa.

Se quisessem jogar a partida contra a seleção brasileira, os 4 jogadores do país vizinho teriam de ter procedido da seguinte maneira:

declarado que estiveram no Reino Unido nas √ļltimas 2 semanas;

feito quarentena de 14 dias j√° no Brasil;

n√£o terem visitado Reino Unido, Irlanda do Norte, África do Sul e √ćndia nos √ļltimos 14 dias.

Como os 4 jogadores atuam na Inglaterra, teriam de se afastar de seus clubes temporariamente para cumprir a norma brasileira