PONTE ONÇA GRANDE, NA BR-381 EM JAGUARAÇU, ESTÁ SEM PARTE DO GUARDA-CORPO E COM SINAIS DE EROSÃO

PONTE ONÇA GRANDE, NA BR-381 EM JAGUARAÇU, ESTÁ SEM PARTE DO GUARDA-CORPO E COM SINAIS DE EROSÃO

Além da preocupação com buracos e queda de barrancos ao longo da BR-381 no Vale do Aço, h√° agora outro ponto da rodovia que tem gerado apreensão aos motoristas: a situação da ponte Onça Grande, localizada no km-283 da BR-381, em Jaguaraçu, com parte da estrutura sem guarda-corpo e com sinais de erosão em sua base, que aumenta gradativamente.


Devido a essa situação da ponte sobre o ribeirão Onça Grande, surge a preocupação de ser interditada, caso a erosão aumente ainda mais e comprometa toda a estrutura. Caso isso aconteça, os motoristas do Vale do Aço, com destino a Belo Horizonte, precisariam buscar por rotas alternativas com distâncias bem maiores.


Em nota enviada ao Di√°rio do Aço, nesta sexta-feira (27), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou que a ponte Onça Grande est√° no trecho que consta no projeto de duplicação da BR-381 (Belo Horizonte - Vale do Aço). "O trecho possui cobertura vigente para obras de manutenção por meio de um Termo de Execução Descentralizada (TED) com o Exército Brasileiro", afirmou.


Erosão

A autarquia também destacou que foi realizado, recentemente, a aplicação de uma camada de pedras junto ao encabeçamento da ponte, evitando que o excesso de √°gua provoque erosão junto à cabeceira. "O Dnit informa que, não h√° até o momento nenhum indicativo de necessidade de interdição".


Guarda-corpos

Conforme o Dnit, as tratativas referentes à manutenção e recomposição dos guarda-corpos das pontes e viadutos da BR-381/MG, do segmento em questão, j√° estão sendo conduzidas. "No momento, o Dnit segue monitorando a situação no local", concluiu a nota.


Mais detalhes da situação da ponte Onça Grande, em Jaguaraçu, podem ser conferidos no v√≠deo publicado pelo canal "Ferreira Oliver Drone" no Youtube. Clique aqui e assista.


Obras emergenciais

Conforme publicado pelo Di√°rio do Aço no dia 18 deste m√™s, uma estimativa de nove rodovias do Sudeste brasileiro receber√° obras emergenciais do governo federal para recuperação de estruturas comprometidas, informou o Ministério da Infraestrutura (Minfra). Entre as rodovias est√° a BR-381.


Primeiros meses

Segundo o Minfra, os trechos que serão atendidos nos primeiros meses do ano são, especialmente, "empreendimentos atingidos pelo ac√ļmulo de √°guas no per√≠odo chuvoso. Com in√≠cio imediato, os trabalhos de pronto atendimento incluem, na região, as BRs 259/ES, 262/ES, 342/ES, 262/MG, 265/MG, 354/MG, 367/MG, 381/MG e 494/MG". Os detalhes do plano de trabalho a ser executado pelo Ministério dos Transportes e entidades vinculadas nos primeiros meses do ano foram anunciados pelo ministro Renan Filho.

Duplicação

Conforme Renan Filho, a duplicação de cinco quilômetros da BR-381, no Vale do Aço, é uma das obras que devem ser entregues nos primeiros meses de 2023 e que integram o plano de 100 Dias do Governo Federal para o setor. A previsão é que a intervenção seja conclu√≠da em abril.